Quinta-feira, 16 de Julho de 2015

10.10.2005

Stella splendens. Devo a Jordi Savall alguns dos momentos de mais intenso prazer estético de toda a minha vida. Não me posso esquecer de que o primeiro contacto que tive com a música de Jean-Baptiste Lully, ocompositor de Luís XIV, se deu através do seu ensemble Le Concert des Nations. Neste preciso momento estou a ouvir a voz etérea de Montserrat Figueras entoando Maria Matrem, composição do Llibre Vermell de Montserrat, manuscrito da abadia medieval catalã do mesmo nome. E volto a face do LP desta outra formação célebre de Savall, o Hespèrion XX, e ouço o tutti em Stella splendens, com a abertura do alaudista Hopkinson Smith, seguida dos sopros e das percussões. Quão humana, meu deus, é esta música celestial...

publicado por RAA às 22:44
link do post | favorito
Quarta-feira, 15 de Julho de 2015

5.10.2005

Não há volta a dar-lhe. Fazer nome à custa dos grandes autores é uma forma de parasitismo. Mesmo pelas melhores intenções, por mais satisfatórios que sejam os resultados.

publicado por RAA às 23:50
link do post | favorito

5.10.2005

Isabelino. Há quem chame rock progressivo à música dos Yes. Eu prefiro a designação «rock isabelino». Rock com madrigais dentro.

tags:
publicado por RAA às 00:44
link do post | favorito (1)
Domingo, 12 de Julho de 2015

5.10.2005

A grande evasão. Mas o que eu delirava com os Patinhas que os meus pais me traziam aos sábados!... Como eu adorava aquelas capas! Que escapadela à chatice da escola: o brejo do Quincas, do Zé Grandão e do Lobo Mau, a Paris dos Aristogatos, Patópolis, o Mundo...

publicado por RAA às 23:04
link do post | favorito (2)

4.10.2005

Um Sobrevivente do Tarrafal

 

Vejo-o velho
anarquista digno
e austero casaco
abotoado sem
gravata nem
dentes.
Quase pede licença para falar.
Chega-me um
hálito de morte
com a sua voz
sumida. Não me importa
tanto o que diz
nem como o diz.
A figura é tudo.

24-V-2003
publicado por RAA às 02:00
link do post | favorito
Sábado, 11 de Julho de 2015

4.10.2005

Ditado. Cada sentença, sua cabeça.

publicado por RAA às 01:36
link do post | favorito
Quinta-feira, 9 de Julho de 2015

4.10.2005

Renault 8. Também aqui a minha recordação é ténue. O carro pertence ao meu Avô Zé, ele está no lugar do condutor, eu ao colo do meu Pai, no chamado lugar do morto. Parados. Era cinzento, não me recordo se metalizado ou fosco. A viatura da minha evocação será aí de 1967.

publicado por RAA às 22:27
link do post | favorito
Quarta-feira, 8 de Julho de 2015

4.10.2005

Bass guitar hero. Ainda estou para ouvir outro guitarra-baixo como o Chris Squire, dos Yes.

publicado por RAA às 23:44
link do post | favorito
Terça-feira, 7 de Julho de 2015

29.9.2005

Imposição. Os grandes livros são aqueles que nos forçam a escrever.

publicado por RAA às 23:30
link do post | favorito (1)
Segunda-feira, 6 de Julho de 2015

24.9.2005

Kim Kebranoz, ou Benoît Brisefer, criança possuidora duma força hercúlea, só a perdendo quando se constipa... É uma criação do belga Peyo, o autor dos celebérrimos Schtroumpfs. Um clássico da revistaSpirou, editado entre nós há já vários anos pela mui católica União Gráfica. Estive a reler Os Táxis Vermelhos, e também aqui fazia sentido o slogan do hebdomadário concorrente: historietas dos 7 aos 77 anos. Palpitante!...

tags:
publicado por RAA às 23:44
link do post | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 58 seguidores

.tags

. todas as tags

.pesquisar

.Abril 2019

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30

.arquivos

. Abril 2019

. Outubro 2018

. Agosto 2018

. Julho 2018

. Maio 2017

. Abril 2017

. Março 2017

. Fevereiro 2017

. Janeiro 2017

. Dezembro 2016

. Setembro 2016

. Agosto 2016

. Julho 2016

. Junho 2016

. Maio 2016

. Abril 2016

. Março 2016

. Fevereiro 2016

. Janeiro 2016

. Dezembro 2015

. Novembro 2015

. Outubro 2015

. Setembro 2015

. Agosto 2015

. Julho 2015

. Junho 2015

. Maio 2015

. Abril 2015

. Março 2015

blogs SAPO

.subscrever feeds